ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS NA ITÁLIA: CIDADES BLOQUEADAS, VOOS CANCELADOS E SEGURO VIAGEM

Depois do último post em nosso blog, os dados referentes ao coronavírus mudaram drasticamente na Itália. Até então, a Itália é o país europeu com maior número de casos confirmados, mas também com a maior ação para descoberta dos infectados e controle da disseminação do vírus.


NÚMEROS CONFIRMADOS DO CONTÁGIO DO VÍRUS

Até às 18:00h do dia 02/03/20, os dados concedidos pelo departamento da Proteção civil de pessoas contaminadas nesse momento, de acordo com as regiões, seriam: 1.254 na Lombardia, 335 em Emilia Romagna, 273 no Veneto, 51 no Piemonte, 35 em Marche, 22 na Ligúria, 17 na Campania, 13 na Toscana, 9 em Friuli Venezia Giulia, 7 na Sicilia , 7 em Lácio, 5 em Abruzzo, 4 na Apúlia, 2 na Úmbria, 1 na província de Bolzano e 1 na Calábria. Resumindo: 1.835 contaminadas, 52 mortos e 149 recuperados. No total, 2.036 pessoas foram infectadas, incluindo as pessoas curadas e as vítimas. Quanto aos testes para verificar se a pessoa está contaminada ou não, até o presente momento foram realizados 23.345.


MEDIDAS DE CONTROLE E PREVENÇÃO

As medidas para controlar a disseminação do vírus ou o impacto causado nas cidades varia de acordo com a classificação das zonas. Desde do dia 23 de fevereiro, um decreto foi implementado para o controle, porém, as medidas realizadas em cada cidade variam de acordo com a região classificada. Até o presente momento, podemos classificar a Itália em 4 partes: a zona vermelha (zona rossa), a zona amarela, as províncias de Bergamo, Lodi, Piacenza e Cremona e, por último, o restante do território nacional.

Na “zona rossa”, compreendida pelos municípios da Lombardia e Veneto (Bertonico; Casalpusterlengo; Castelgerundo; Castiglione D’Adda; Codogno; Fombio; Maleo; San Fiorano; Somaglia; Terranova dei Passerini; Vo’) seguem com as medidas de proibição de remoção de todos os indivíduos presentes nas cidades afetadas; suspensão de eventos públicos e acesso aos locais de interesse público, além do fechamento de escolas, museus e institutos culturais. Além disso, houve a suspensão dos serviços de transporte e das atividades das empresas (excluindo serviços essenciais), bem como a suspensão da atividade de cargos públicos (exceto serviços essenciais).

A zona amarela, compreendia por Emilia Romagna, Lombardia e Veneto, e as províncias de Pesaro e Urbino e Savona, estão com a suspensão de eventos, competições esportivas e escolas até 8 de março, bem como o acesso às instalações abertas ao público e locais de cultos religiosos. Além disso, bares e restaurantes poderão realizar os serviços com a condição de atender apenas clientes nas mesas; outra regra imposta é que eles deverão ficar a, pelo menos, um metro de distância um do outro.

A terceira parte (região ou zona) compreende as províncias de Bergamo, Lodi, Piacenza e Cremona, para as quais foram impostos os fechamentos de médias e grandes estruturas de vendas e lojas em shopping centers e mercados, com exceção de farmácias, parafarmácias e pontos de vendas de alimentos. Na região da Lombardia e na província de Piacenza, houve também a suspensão das atividades de academias, centros esportivos, piscinas, centros de bem-estar e spas, bem como para centros culturais, centros sociais e centros de recreação.

No restante do território nacional, as medidas adotadas incluem a suspensão das viagens escolares, a obrigação de um atestado médico para o retorno à escola após cinco dias de ausência, entre outras medidas que serão adotadas somente em casos de necessidade.

É recomendado o uso de álcool gel para todas as pessoas, a fim de realizar a higiene das mãos, e os mesmos devem ser disponibilizados em prédios da administração pública e locais abertos ao público. Além disso, qualquer pessoa que retorne da China ou da zona vermelha italiana deve notificar as autoridades sanitárias do local.

Em relação ao transporte público no país, as linhas de trem e voos domésticos que ligam o norte ao sul da Itália funcionam normalmente, e as empresas Trenitalia e Italo, decidiram adotar medidas de precaução: os funcionários estão usando máscaras, foram disponibilizados pontos de gel desinfetante para as mãos nos vagões e controles sanitários pelos trens, bem como a limpeza diária dos trens para realizar a desinfecção do local.


VOOS CANCELADOS

Em relação aos voos, algumas companhias e países estão adotando medidas temporárias: A Ryanair, empresa aérea Lowcost, confirmou reduzir do período de final de março até início de abril, cerca de 25% dos voos da Itália e para a Itália; a American Airline e a Delta cancelaram todos os voos de e para a Itália; a Latam comunicou que os voos para Milão foram suspendidos temporariamente até dia 16 de abril, onde passageiros terão o direito de remarcar ou pedir reembolso; a companhia aérea belga Brussels Airlines decidiu estender o corte de 30% dos voos para os aeroportos de Milão Linate, Milão Malpensa, Veneza, Roma, Bolonha e Turim até 28 de março.

Em uma entrevista, o ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio, declarou: “Irrita saber que alguns países estão bloqueando cidadãos italianos no exterior sem nenhum critério para a emergência do coronavírus. E, diante de “bloqueios forçados ou sem sentido”, a Itália responderá: “É um país que exige e merece respeito, como todo italiano”. Ele deixou claro que o Ministério das Relações Exteriores já tomou medidas para retirar bloqueios considerados injustificados e que no próximo Conselho de Relações Exteriores será discutida a questão dos bloqueios feitos à Itália.


SEGURO VIAGEM E O CORONAVÍRUS

Muitas pessoas me enviaram mensagens preocupadas porque contrataram um serviço viagem, e gostariam de saber melhor sobre como funcionaria o atendimento em relação ao coronavírus. A empresa que divulgamos, a Seguros Promo, uma das maiores do mercado que trabalha em conjunto com as melhores seguradoras, relatou que todas as seguradoras presentes no Seguros Promo cobrem atendimento emergencial até o diagnóstico da doença.

A partir do momento que for confirmado que o cliente possui coronavírus, o tratamento deixa de ser coberto, uma vez que epidemias e pandemias são riscos excluídos.

Caso o passageiro identifique algum sintoma do coronavírus, deve entrar em contato com a seguradora contratada para maiores orientações.


SITUAÇÃO GERAL DO PAÍS EM RELAÇÃO AO CORONAVÍRUS

Muita apreensão por parte dos moradores, principalmente os que estão na região norte. Ao ficarem com medo de ser decretada uma quarentena, onde seriam obrigados a não saírem de casa por um período, muitas pessoas foram até os mercados e fizeram estoques em casa, o que gerou uma certa apreensão por parte dos outros moradores, levando muitos a também adotarem a medida.

A expectativa é que com a chegada da primavera o cenário mude, já que com o calor se aproximando, as chances do vírus “desaparecer” são maiores, uma vez que os ambientes não estarão fechados como estão no inverno, e pelo fato do vírus se proliferar melhor em condições de clima frio.

O governo segue fazendo um ótimo trabalho no que diz respeito a prevenção e controle do vírus. Alguns dos sites confiáveis em italiano, para que vocês possam acompanhar mais de perto as notícias, são: o La Repubblica, Il Sole 24 ore e o site do Ministero dela Salute.

Nenhum pensamento

  1. Bom dia, tudo bem? Moro na Itália a um ano e vim para o Brasil no começo de fevereiro ver a família. Gostaria de saber se eu tendo a carta di soggiorno e passaporte brasileiro posso entrar por Madri e fazer conexão para Milão. Minha reserva era Guarulhos para Milão direto, mas com esses problemas de coronavirus foi cancelado meu voo e vou ter que entrar na Europa por Madri. Agradeço desde já. Beijos Bárbara Sgarbi ________________________________

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.