O que devo pensar antes de mudar de país?

destaque

Oi pessoal! Tudo bom com vocês?

No post de hoje eu quero falar sobre um tema que pode parecer óbvio ou talvez desnecessário, mas GARANTO que não é!

Pode parecer clichê ou às vezes pensamos que um pouco de informação basta, mas, quando se trata da decisão de mudar de país, muita, mas MUITA coisa deve ser analisada e levada em consideração. Resolvi fazer esse post porque, antes de vir para a Itália, eu pesquisei muita coisa, mas na maioria das vezes, não achei algo que fosse realmente útil ou que se encaixasse na minha realidade. Ah, antes de continuar, quero deixar claro que os posts que eu escrevo são com bases na minha experiência. Como eu contei para vocês no post anterior (leia aqui), tive motivos X para vir embora, e, com base nisso, vou contar minha experiência. Mas, mesmo que não seja seu caso, talvez algo que eu tenha para contar seja útil para você também, então, vamos lá!

Então, resolvi que quero mudar de país, ok, o que pensar? O que devo levar em consideração? Vai valer a pena? É isso mesmo que eu quero? Poderia escrever aqui mil e uma perguntas (algumas sem respostas, porque garanto que algumas respostas você só tem depois que toma a decisão), mas só algumas delas já bastam para que você tome (ou não) uma decisão.

Para mim, o mais importante é você saber o quanto essa mudança é importante na sua vida. Se é algo que você realmente quer, saiba que seu sonho já está 70% em andamento, afinal, tomar a decisão de ir embora é o mais importante. Os outros 30% envolvem algumas coisas bem chatinhas, mas que são importantes para o seu processo de mudança.

PRIMEIRAMENTE: Resolveu se mudar? Ok. Mas qual o motivo? Se vai à estudo, então é mais fácil. Você deve analisar algumas coisas como moradia, custo de vida para saber quanto vai gastar e tal, mas, ainda é mais fácil porque, se você deu a sorte de ir estudar, é por que está numa situação mais privilegiada que a minha haha. Mas, trazendo para a minha experiência, se você vai embora para começar uma vida do zero, já te digo de cara que você tem que ver muuuita coisa! Primeiramente, só quem vai embora sabe como é difícil ficar longe da família, dos amigos, abrir mão de um emprego. Saber que isso fará parte da sua decisão é fundamental! Algumas vezes temos que abrir mão de coisas essenciais para alcançar objetivos ou ir em busca de realizar sonhos. Não é fácil, dá saudade, mas faz parte da vida. Voltando para a parte mais racional do assunto, como disse no post anterior, você deve PESQUISAR! E muito! Leia sobre o país: Cultura, alimentação, moradia, custo de vida, saúde, transporte, trabalho… MAS POR QUE TUDO ISSO GENTE??? Simples! Porque muita gente olha só um lado e esquece de outros que são fundamentais! A Itália é o país da pizza, da pasta, do vinho? É … Mas não é que só saber disso vai resolver sua vida. Você tem que saber também que a Itália passou por uma crise e mudou muito nos últimos anos, principalmente no que diz respeito à emprego. Você tem que saber também que para quem tem documento está um pouco complicado, então para quem quer vir e não tem, está mais complicado ainda!

Por que estou falando isso? Porque muita gente infelizmente não tem as informações necessárias e se desilude quando chega! Ir embora (mesmo que seja para a Europa) é um desafio e você tem que estar pronto para ele. Não adianta você vir achando que vai trabalhar na sua área porque na maioria das vezes você não vai!

Você não pode vir embora achando que só porque tem um documento italiano (ou de outro país da união europeia) que será tudo fácil porque não é!

MAS, É IMPOSSÍVEL?

A resposta é ótima: É claro que NÃO! É super possível e é por isso que estou escrevendo esse post, para te dar uma luz! Você só tem que estar ciente de tudo antes de vir e estar preparado para isso. E com a cabeça aberta, é claro! Muita gente quer se mudar, mas não quer abrir mão de algumas coisas. Se você vai sair da sua terra, você tem que lembrar que, com ou sem documento, você é um imigrante. Simples. Vai ser mais difícil, mas as coisas dão certo, basta ter paciência e foco!

Em outros posts falarei mais detalhado sobre, mas, já adiantando um pouco do assunto, uma dica que é FUNDAMENTAL para você é sobre TRABALHO. Você já deve ter lido por aí de pessoas que abandonaram tudo para trabalhar como garçons, jardineiros ou babás. E sim, tem um monte! Porque trabalhar aqui fora com algo que você trabalha aí é complicado! Mas em que sentido? Quer dizer que não posso fazer aí o que faço aqui? Talvez sim, por que não? Talvez não muito rápido, mas é claro que pode. Mas o que você faz? É advogado? Professor? Você tem que lembrar que são continentes diferentes e que TUDO MUDA, inclusive as exigências para se exercer uma profissão, e muita gente esquece de olhar isso antes, então, por favor, FIQUE LIGADO, pesquise.

Mas onde a cultura entra nisso? Lá em cima falei que é importante você analisar vários aspectos porque você tem que ter em mente o lugar que vai ser a sua casa! Como as pessoas se comportam, o que elas comem, o clima…. Ir para outro lugar é viver como eles vivem (não em todos os sentidos, lógico), mas é com isso que você vai lidar todos os dias, e você tem que ver se está ok para você. É claro que nem tudo vai te agradar porque você não vai embora para a Itália, por exemplo, só por causa das pastas (mas é um bom motivo haha), mas entender que elas farão parte da sua rotina é importante!

Então, é isso! Em outro post falarei mais detalhado sobre cada assunto (tudo relacionado mais à Itália, claro), para você saber mais a fundo sobre cada tema, mas, algumas dicas já deixei aqui! Pelo menos é uma luz para você saber o que você deve analisar (caso você esteja perdido) antes de ir embora. Mas não desanima não, no final, é tudo muito massa haha. Te garanto, continua lendo e vendo o decorrer da história (e onde você pode chegar) que a sua vontade de embarcar nessa aventura vai aumentar mais ainda 😉

E aí, se identificou com esse post? Tem algo a dizer ou me perguntar? Deixe seu comentário ali em baixo que terei o maior prazer em responder!

Nos vemos no próximo post, fique ligado!

8 comentários em “O que devo pensar antes de mudar de país?

  1. Ficou incrível! Parabéns pelo trabalho, já estou amando e tenho certeza que vai me ajudar muito saber um pouco das suas experiências. Ansioso pelos próximos posts!

    Curtido por 2 pessoas

    1. Oi Ana ! Obrigada pelo comentário!!! Então, posso talvez só dar uma luz mesmo, porque ainda não tenho as informações rs o que eu sei e que é necessário e pegar vários documentos na faculdade (grade curricular detalhado, de todas as disciplinas com todo conteúdo, histórico do ensino médio, histórico da faculdade e por aí vai) . Depois que validar todos eles no Brasil, você deve procurar uma faculdade aqui ou o ministério que seja responsável pela sua área, apresentar os documentos e ver se é necessário ou não estudar mais aqui, complementar com outras matérias e tal. Tem também que fazer uma prova de pro eficiência na língua e na área . Mas não posso afirmar 100% porque é como falei, não tenho certeza.. vou pesquisar no próximo ano e assim que tiver as informações eu divulgo aqui e no canal !

      Curtir

  2. Oi Priscila! Tenho acompanhado teus vídeos pelo YouTube. Meu plano também é ir morar na Itália, assim que conseguir minha cidadania italiana. Teus vídeos tem me ajudado muito a me preparar para essa aventura! Vou continuar te acompanhando!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: